A UTILIZAÇÃO DE LOCAIS DE ACUMULAÇÃO DE ACIDENTES DE TRÂNSITO COMO NORTEADORES DE POLÍTICAS DE REDUÇÃO A ACIDENTES NAS RODOVIAS FEDERAIS BRASILEIRAS

  • Júlio Oliveira Polícia Rodoviária Federal
  • Eduardo Monteiro Universidade de Brasília

Resumo

Esta pesquisa explorou a possibilidade de utilização de locais de acumulação de acidentes de trânsito como norteadores para a formulação e monitoramento de políticas de redução de acidentes de trânsito nas rodovias federais. Para alcançar seus objetivos, foi empregado o modelo de identificação de locais de acumulação de acidentes elaborado pelo CEFTRU/UnB para a análise do banco de dados de acidentes de trânsito da Polícia Rodoviária Federal, com a proposição de níveis de criticidade para os locais de acumulação. Os resultados sugerem que, em 2018, 2,85% dos quilômetros de rodovias federais são responsáveis por 37,90% dos acidentes de trânsito e que quanto maior o nível de criticidade do local de acumulação, maior sua participação no total de acidentes. Em suas conclusões, o artigo sugere que a utilização de técnicas de identificação de locais de acumulação de acidentes pode ser útil para a formulação, monitoramento e avaliação de políticas de redução de acidentes de trânsito, visto que sugere onde a ação governamental é mais necessária, otimizando o uso de recursos humanos e financeiros.  

Publicado
2021-06-17