Os Acidentes de trabalho no âmbito de uma organização militar

uma análise dos sinistros ocorridos de 2008 à 2018 na Polícia Militar de Alagoas

Resumo

O elevado índice de acidentes de trabalho entre policiais militares ensejam a necessidade de ferramentas de gestão focadas no tratamento das causas dos sinistros permitindo assim uma atuação proativa quanto aos riscos do ambiente laboral. Para tanto, é necessário contextualizar os acidentes no âmbito de uma organização militarizada, bem como, identificar como a hierarquia e disciplina influenciam o tratamento e investigação dos sinistros.  Logo, a pesquisa de abordagem quantitativa e qualitativa, por meio de pesquisa documental, buscou identificar tais peculiaridades por meio da análise da legislação que rege a Polícia Militar de Alagoas, bem como, utilizando-se dos Boletins Gerais Ostensivos, adotou a estatística descritiva para quantificar os acidentes de trabalho e a resposta da Corporação aos sinistros ocorridos de 2008 à 2018.  Os resultados da pesquisa apontam para o aumento do índice de policiais militares acidentados, principalmente dentre os militares com menor hierarquia, assim como, a concentração de policiais acidentados nas atividades de patrulhamento (atividade fim). Além disso, a cultura disciplinadora inerente à organização militar responde aos acidentes de trabalho de forma reativa e punitiva, seja através das compensações aos acidentados, seja através dos procedimentos investigatórios focados no erro humano.  

Publicado
2020-07-31
Seção
Artigos