Ingresso com nível superior nas carreiras da Polícia Militar: um estudo sobre a influência nos vínculos na Polícia Militar de Santa Catarina

Resumo

O presente artigo buscou verificar a influência da exigência do nível superior no desenvolvimento do vínculo de comprometimento dos policiais militares com a organização. Os vínculos organizacionais se caracterizam como o sentido que une o indivíduo à organização, podendo assumir diferentes tipologias. Neste trabalho, utiliza-se a literatura que compreende três naturezas: os vínculos de comprometimento, de entrincheiramento e de consentimento, delimitando o presente estudo ao vínculo de “comprometimento”. No tocante aos procedimentos metodológicos optou-se como locus de estudo a Polícia Militar de Santa Catarina. Fez-se uso de pesquisa descritiva de corte transversal, quantitativa do tipo survey, com amostra composta por 6212 policiais militares na ativa. Entre os principais resultados, observou-se que o vínculo de comprometimento apresenta uma sutil alteração após a exigência do nível superior. Entretanto, entre os policiais militares com mais de 30 anos de carreira, o comprometimento forte mostrou-se mais evidente. Tal fato combina-se aqueles com perfil de escolaridade “fundamental”. No Brasil a exigência do nível superior no meio militar tem sido destaque na agenda de debates e essa pesquisa trouxe alguns dados para reflexão a respeito desse assunto.

Biografia do Autor

Aline Regina Santos, Universidade do Estado de Santa Catarina

Professora da ESAG/UDESC do Curso de Administação Pública e do Mestrado na área de Marketing Institucional.

Publicado
2022-08-24