Fatores importantes para a permanência de delegadas nas delegacias da mulher no estado do Paraná

  • Wilkinson Fabiano Oliveira de Arruda Universidade do Oeste do Paraná - Unioeste
  • Fernanda Mendes Bezerra Universidade do Oeste do Paraná - Unioeste
  • Gilmar Ribeiro de Mello Universidade do Oeste do Paraná - Unioeste
  • Sandra Maria Coltre Universidade do Oeste do Paraná - Unioeste

Resumo

As profissionais delegadas têm um papel fundamental no combate à violência contra a mulher, mas encontram inúmeras dificuldades para o cumprimento dessa missão. Neste contexto, o presente artigo tem como objetivo identificar quais os fatores mais importantes para a manutenção de delegadas de polícia em Delegacias da Mulher no Estado do Paraná. O estudo é descritivo, com abordagem quantitativa, utilizando a análise de cluster para auxiliar no tratamento dos dados. A amostra da pesquisa é composta por 30 delegadas que atuam nas 20 delegacias da mulher no Estado do Paraná. O instrumento de coleta de dados foi um questionário com 19 questões sobre o quadro de pessoal, infraestrutura, fatores internos e fatores externos. Ficou constatado que a quantidade de servidores, remuneração adequada, ferramentas legais de proteção às vítimas concessíveis pela própria Delegada, estrutura adequada, capacitação e dedicação exclusiva são os fatores mais importantes.

Biografia do Autor

{$author}, Universidade do Oeste do Paraná - Unioeste
Graduado em Direito. Delegado de Polícia Civil do Paraná. Mestrando no Programa de Pós-Graduação em Gestão e Desenvolvimento Regional da Unioeste, Campus de Francisco Beltrão. E-mail: fabiano.oarruda@gmail.com.
{$author}, Universidade do Oeste do Paraná - Unioeste
Doutora em Economia. Professora do Programa de Mestrado em Gestão e Desenvolvimento Regional da Unioeste, Campus de Francisco Beltrão. E-mail: ferpompeia@gmail.com.
{$author}, Universidade do Oeste do Paraná - Unioeste
Doutor em Ciências Contábeis. Professor do Programa de Mestrado em Gestão e Desenvolvimento Regional da Unioeste, Campus de Francisco Beltrão. E-mail: gilmarribeirodemello@gmail.com.
{$author}, Universidade do Oeste do Paraná - Unioeste
Doutora em Engenharia de Produção. Professora do Programa de Mestrado em Gestão e Desenvolvimento Regional da Unioeste, Campus de Francisco Beltrão. E-mail: sandracutu1@gmail.com.
Publicado
2018-12-28
Seção
Artigos