Incêndios em edificações e mortes violentas: O que se esconde por trás da indiferença

  • Cristiano Correa Universidade Federal de Pernambuco; Corpo de Bombeiros Militar de Pernambuco e Universidade de Pernambuco
  • José Jéferson Rêgo Silva, Professor Doutor da UFPE Departamento de Engenharia Civil da Universidade Federal de Pernambuco
  • Dayse Duarte, Professora Doutora Departamento de Engenharia Mecânica da Universidade Federal de Pernambuco
  • George Cajaty Braga, PhD em Segurança Contra Incêndio Oficial e Pesquisador do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal

Resumo

Os incêndios em edificações são mais numerosos do que é noticiado na grande mídia, provocando enormes perdas matérias e muitas tragédias, por vezes silenciosas, com a perda da vida e a produção de feridos. Neste artigo é estudado a possível ‘invisibilidade’ do problema, com foco nos incêndios com letalidade. A cidade de Recife é utilizada como cenário de pesquisa, sendo examinada sua taxa de mortes em incêndios, computadas através dos atendimentos do Corpo de Bombeiros Militar de Pernambuco, ponderando-a com outras cidades que tem população semelhante no mundo. Vê-se ainda a diferença de ordem de grandeza entre estas mortes em incêndios e os números oficiais de óbitos no trânsito e por Crime Violento Letal Intencional – CVLI, estimando que esta diferença vem a ser uma das razões da possível ‘invissibilidade’ dada ao problema.

Biografia do Autor

{$author}, Universidade Federal de Pernambuco; Corpo de Bombeiros Militar de Pernambuco e Universidade de Pernambuco
Doutorando do PPGEC da Universidade Federal de Pernambuco, com foco em Segurança Contra Incêndios; Major do Corpo de Bombeiros de Pernambuco, Pós-graduação em Gestão Governamental e Metodologia do ensino Superior e Mestre em Gestão do Desenvolvimento Sustentável pela Universidade de Pernambuco(Estadual).
Publicado
2018-06-18
Seção
Artigos