Análise dos fatores determinantes da Segurança Pública nos municípios de Minas Gerais

  • Daniela Araújo dos Anjos Universidade Federal de Viçosa
  • Michelle Aparecida Vieira Universidade Federal de Viçosa
  • Fernanda Maria de Almeida Universidade Federal de Viçosa

Resumo

Considerando a dinâmica da criminalidade no Estado brasileiro, o crescimento acentuado dos seus índices e a maior demanda por segurança pública, esse estudo teve como objetivo identificar quais são os fatores determinantes que explicam o nível de segurança pública no Estado de Minas Gerais. Para tanto, buscou-se na literatura atual indicadores identificados como determinantes da segurança pública para selecionar as variáveis para o estudo. Foi utilizada a análise exploratória dos dados; a estratificação para agrupar os municípios com relação ao nível de segurança; análise fatorial para agrupar as variáveis em fatores e a regressão múltipla para verificar o efeito desses fatores na situação da Segurança Pública nos municípios mineiros.  Foi constatado que 110 municípios possuem baixo nível de segurança pública, 572 se enquadram no nível médio e 171 no nível alto.  Foram obtidos seis fatores, denominados: Aspectos Populacionais e Estruturais, Perfil Socioeconômico Municipal, Potencial Criminal e Jurídico, Potencial Investigativo, Potencial de Investimentos, Eficiência Jurídica. Diante destes resultados percebe-se a necessidade dos entes governamentais repensar como operacionalizar os aspectos condicionantes relacionados a segurança, de modo que a ação do poder público seja voltada a preservação do bem estar social que inclui, dentre outros direitos, a manutenção da segurança pública.  

Biografia do Autor

{$author}, Universidade Federal de Viçosa
Mestre em Administração e Bacharel em Ciências Contábeis pela Universidade Federal de Viçosa. Atuou como Trainee e Gerente Administrativo-Financeiro na Empresa Júnior de Contabilidade da UFV: Cecco- Consultoria Contábil. Atuou como Bolsista de Iniciação Científica pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico- CNPq, adquirindo experiência em pesquisa na área de Administração Pública, Contabilidade e Finanças Públicas. Atuou como monitora da disciplina de Métodos Quantitativos Aplicados à Administração e Ciências Contábeis da Universidade Federal de Viçosa. Atualmente é pesquisadora no Grupo de Pesquisa APGS (Administração Pública e Gestão Social).
{$author}, Universidade Federal de Viçosa
Possui graduação em Ciências Econômicas pela Universidade Federal de Viçosa (2007), Mestrado (2009) e Doutorado (2012) em Economia Aplicada também pela Universidade Federal de Viçosa. Atualmente é Professora Adjunto III do Departamento de Administração e Contabilidade da mesma instituição. Tem experiência nas áreas de Métodos Quantitativos, Políticas Públicas e Desenvolvimento Socioeconômico e Comércio Internacional.
Publicado
2018-06-18
Seção
Artigos